sábado, novembro 26, 2005

Soares acusa Alegre de ser "confuso e patético"

" Mário Soares disse ontem, em entrevista à Rádio Renascença, que Manuel Alegre "está de má consciência", porque não teve o apoio do PS, não aceitando que o fundador do PS avançasse primeiro. "Vive num quadrado confuso, não sabe quem é o adversário ou para onde quer ir, o que poeticamente pode ser muito interessante, mas politicamente não tem defesa. É patético", referiu ainda.

Ontem à tarde, em mais uma acção de campanha, no centro paroquial da Ramada, em Odivelas, defendeu o Estado social que, segundo disse, corre o risco de ser desmantelado se "o economicismo progredir".

O candidato do PS não quis tomar posição sobre as decisões do Governo na área social, alegando que este "governo considera-se de Esquerda e tem, no seu programa, como objectivo a solidariedade".

Ao longo da visita, e sem nunca mencionar Cavaco Silva, Soares elogiou o voluntariado e a existência de instituições de apoio particulares - neste caso da Igreja católica - e quando foi questionado sobre se o Estado social falha em Portugal, disse que não chega a tudo, mas se acabar "é uma catástrofe".

O candidato comparou ainda o neoliberalismo com a teoria da evolução das espécies em só os mais resistentes vingam. "O neoliberalismo é um darwinismo social, em que os mais ricos e fortes subsistem e os outros, a natureza encarrega-se de os eliminar. É a lei da selva".

No atelier infantil, Soares foi interrogado sobre se tinha sido um bom estudante, tendo dito que não era "excepcional", mas que Churchill também não o tinha sido e que era isso que dizia ao pai, João, quando este o repreendia por não estudar mais.

O candidato visitou depois o centro de dia, onde contactou com idosos, enaltecendo o apoio domiciliário que é prestado aos 70 idosos da freguesia."

in JN Online

Dá-me a impressão, que um dos nossos antigos Presidentes da República, neste caso o "Dr."Mário Soares, está a ficar cácá, senil, o que quiserem... ora insulta um ora insulta outro. Será que é este exemplo que nós portugueses queremos como figura principal da nossa nação? Será que queremos mostrar ao Mundo que podemos ter um Presidente pior que o deles? Porco de língua, que não sabe o que diz. Para mim já chega, já basta o Governo que temos, e agora vem este outra vez?

1 comentário:

Jay disse...

hola amigo, numero uno blogger!